Category Archives: Carne

Bifes à moda da Minitauda

Imagem

Esta semana uma colega minha (querida A. 😉 ) perguntava-me se, passando o dia todo a cozinhar ainda tinha paciência para cozinhar em casa, ao que respondi que sim, que apesar de nem sempre haver muito tempo, o prazer e vontade de cozinhar está sempre lá 🙂 e que bom é descobrir novas receitas e ingredientes que nunca experimentei.

Em relação a esta receita andava há tanto tempo para experimentar este puré de grão (uma espécie de hummus) que tinha provado em casa do V. e que é perfeitamente conjugável com carne ou peixe ou a acompanhar um prato vegetariano porque afinal o puré é a proteína 😉 mas pronto nós carnívoros cá de casa nos confessamos culpados e queremos extra proteína e extra guarnição (as batas McCain são um extra vergonhoso :P)

Ingredientes: (para 2 pessoas – 1 das quais comilonas 🙂 )

3 bifes da chã de fora (~400g) – (em promoção no Lidl  😉 )

– azeite

– sal, pimenta

– 1 dente de alho esmagado

– 1 raminho de tomilho fresco

– 1 folha salva fresca

– 0,5dl de vinho branco

Guarnição:

– 1 lata pequena de grão-de-bico cozido

– 1 dente de alho

– 1 colher de sobremesa de ervas finas (da Margão)

– 1 tomate

– 1 cebola pequena

– 1 raminho pequeno de tomilho fresco

– sal, pimenta

– azeite, vinagre balsâmico

– batatas fritas (estas da McCain)

Preparação:

– Colocar as batatas no forno (~20minutos em forno não ventilado);

Colocar o grão (com um pouco da água que vem na lata) num copo da varinha mágica, adicionar o alho e as ervas finas e triturar até ficar bastante cremoso e sem grumos (para um resultado ainda mais aveludado passar o puré por um passador), reservar;

– Cortar o tomate e a cebola em pequenos cubos, juntar numa saladeira e juntar as folhas do tomilho fresco, reservar;

– Temperar os bifes com sal e pimenta;

– Colocar um pouco de azeite numa frigideira e levar ao lume, quando estiver bem quente colocar os bifes (consoante o gosto pessoal (mal ou bem passado) e a espessura do bife  assim deve ser o tempo de confecção);

– No caso destes bifes (que eram muito finos) deixei ficar apenas 5 segundos de cada lado (em lume forte para selar bem a carne) e reservei-os num recipiente tapado com folha de alumínio para repousarem;

– Na frigideira onde foram preparados os bifes, juntar o raminho de tomilho, a salva, o dente de alho e o vinho e deixar fervilhar um pouco, ajudando com uma espátula (de modo a retirar tb alguma caramelização que ficou da fritura dos bifes);

– Juntar os sucos libertados dos bifes ao preparado e deixar fervilhar mais um pouco;

– Rectificar sal e pimenta do molho e reservar;

– Temperar a salada de tomate e cebola com sal, pimenta, azeite e vinagre balsâmico;

– Servir os bifes com o molho e acompanhados com a salada, o puré de grão (quente ou frio) e as batatas.

Muka dourada*

 

Anúncios

Trouxas de frango dos nanitos

Imagem

A ideia inicial era fazer uma ballotine de frango mas…. a fomeca era grande e decidi fazer algo mais rápido mas que fosse igualmente saboroso. A cebola desidratada dá à trouxa uma textura diferente e muito interessante 😉

Ingredientes:

– 5 bifinhos de frango

– 50g de bacon cortado em tirinhas

– ½ talo de funcho

– 20g de cebola desidratada (à venda no Jumbo na nova zona das especiarias)

– sumo de 1 limão

– sal e pimenta

Preparação:

– Temperar os bifinhos com sal e pimenta, regar com o sumo de limão e deixar repousar;

– Numa frigideira colocar um fio de azeite e saltear ligeiramente o bacon (~3 min), juntar o funcho em fatias finas e em lume médio deixar cozinhar até o funcho se apresentar macio;

– Num recipiente colocar o preparado do bacon e juntar a cebola desidratada, misturar bem e colocar pequenas porções deste preparado no centro de cada bifinho. Prender com palitos de modo a fazer pequenas trouxas;

– Numa frigideira colocar um fio de azeite e cozinhar em lume médio as trouxas, virando-as para irem cozinhando de todos os lados (cerca de 6 minutos se os bifinhos forem muito finos);

– Acompanhar com arroz (de feijão que o meu prendado namorado fez) e salada de rúcula.

Muka dourada*

Costelas de cordeiro lambitosas

Imagem

Há dias em que o corpo pede comida reconfortante e que nos aqueça a alma. E nada como uma inspiração Masterchefiana para atingir esse nobre objectivo 😉

(receita adaptada de: http://tvnz.co.nz/masterchef-australia/ep-36-matt-s-asian-ribs-4997618)

Ingredientes:

– 750g de costeletas de borrego

Para a marinada

– 2 c. de sopa de açucar amarelo

– 2 c. de sopa de molho de soja

– 2 c. de sopa de de molho de peixe

– 2 c. de sopa de óleo de girassol

– 15g de pasta de tamarindo

– 2 c. de sopa de piri-piri

– 1 c. de sopa de coentros em pó

– 2 c. de sopa de de gengibre fresco ralado

– 1 c. de sopa de sal marinho

– 2 cebolinhas (spring onion) finamente cortadas

– 2 alhos picados

– 2 c. de sopa de sumo de lima

Para o molho

– 3 c. de sopa de sumo de lima

– 1 c. de sopa de vinagre de arroz

– 1 c. de sopa de açucar amarelo

– 1+1/2 c. de sopa de molho de peixe

– 1 c. de sopa de molho de soja

– 1 alho picado

– 1 malagueta fresca finamente picada (sem as sementes)

Preparação:

– Colocar todos os ingredientes para a marinada no copo da varinha mágica e triturá-los até se obter uma pasta;

– Barrar generosamente as costeletas e deixá-las a marinar para o dia seguinte;

– Para preparar o molho juntar o sumo da lima, o vinagre e o açúcar e mexer bem até o açucar estar dissolvido;

– Juntar os restantes ingredientes e reservar;

– Ligar o forno a 180ºC, colocar as costeletas num tabuleiro previamente untado com azeite e deixar cozinhar durante ~1hora ou até a carne se apresentar muito tenra (se necessário ir pincelando com um pouco mais da marinada);

– Acompanhar com o molho, batatas fritas, salada ou então apenas com pão.

Muka dourada*