Tag Archives: Amor

Bolachinhas de banana e passas de uva

72

“Gosto mais de ti que de bolachinhas” é a minha declaração de amor favorita 🙂 .

Obviamente depende das bolachas mas isso seria uma outra discussão 🙂 Mas esquecendo as declarações de amor pirosas, esta Primavera está a soar a Inverno e à parte desta constipação safada que não me deixa disfrutar este frio gostoso e chuvinha boa, só me apetecem fazer/comer bolachas gostosas a acompanhar com litros de chá bem quentinho.

A verdade é que independentemente do tempo que se faz sentir, gosto de fazer bolachas todo o ano e lá está, dependendo da temperatura, ou vão com um chá bem quentinho ou com um refresco ou mesmo com uma Katiette 😉 (sumol de laranja com groselha).

Estas bolachas são de-li-ci-o-sas!!! Obviamente convém que se goste de bananas e de passas de uva 😉 se for esse o caso, vão adorar, acreditem 😉 .

(adaptado de 750 g)

Ingredientes: (para cerca de 25 bolachinhas médias)

– 200 g de farinha de trigo sem fermento

– 100 g de flocos de aveia finos

– 1 colher de chá de fermento tipo Royal

– 1 ovo

– 150 g de manteiga à temperatura ambiente

– 75 g de açúcar branco

– 75 g de açúcar amarelo

– 1 colher de sobremesa de extracto de baunilha

– 1 banana grande esmagada

– 150 g de passas de uva

Preparação:

– Ligar o forno a 165ºC;

– Numa taça misturar a manteiga com os açúcares e o extracto de baunilha até obter uma mistura cremosa e homogénea;

– Juntar o ovo e a banana e misturar muito bem;

– Juntar a farinha, o fermento e os flocos de aveia e misturar muito bem novamente;

– Por fim envolver bem as passas de uva;

– Com a ajuda de uma colher fazer pequenas bolinhas com a massa e colocar num tabuleiro forrado com papel vegetal;

– Levar ao forno por cerca de 15 minutos ou até estarem douradinhas;

– Retirar do forno e deixar arrefecer no tabuleiro cerca de 5 minutos antes de transferir para a rede para arrefecerem completamente.

– Podem sempre saltar o passo anterior e comer as bolachas à medida que vão saindo do forno 😛

Muka dourada*

Pain Perdu de mon Coeur

8Uma década ao lado de quem amamos é algo tão único e precioso que é impossível descrever. Poder acordar todos os dias enroscada no quentinho da nossa metade e perceber que o amor do ínicio não só está lá todo como evoluiu, cresceu e tornou-se em algo maior que nós.

Para celebrar este dia fiz este “Pain Perdu com Xarope de Morangos”, inspirada no Masterchef Australia e em Raymond Blanc.

(receita adaptada de http://www.raymondblanc.com/recipes/pain-perdu-with-warm-raspberries-and-strawberries/)

Ingredientes:

Para o Pain Perdu

– 2 ovos

– 40g de açucar amarelo

– 100ml de leite

– 1c. de chá de açucar baunilhado

– 5 fatias de pão

– 40g de manteiga

Para o xarope de morangos

– 2c. de sopa de água

– 50g de açucar amarelo

– 30g de manteiga

– 200g de morangos lavados e cortados em pedaços

– 1c. de sopa de brandy

Preparação:

– Começar por preparar o xarope de morango. Colocar o açucar e a água e levar ao lume num pequeno tacho até fazer um caramelo ligeiro;

– Juntar a manteiga e misturar muito bem, adicionar os morangos e o brandy, mexer para incorporar e deixar cozinhar em lume brando até os morangos se apresentarem macios (~8min.).

– Preparar o Pain Perdu. Bater os ovos com os açucares e juntar gradualmente o leite, mexendo bem;

– Colocar as fatias de pão num recipiente largo e baixo e colocar a mistura de ovo por cima. Deixar repousar ~4min. de modo que o pão absorva toda a mistura.

– Numa frigideira em lume brando colocar metade da manteiga, deixar derreter e colocar metade das fatias de pão. Deixar dourar de ambos os lados (~2min. de cada lado) e reservar;

– Limpar a frigideira, limpar bem e repetir o processo com as restantes fatias;

– Servir com o xarope de morangos.

Muka dourada*