Tag Archives: mousse

Mousse de limão à la Ruskita

63

Este foi um fim de semana intenso e cheio de emoções. Começou sábado com a final do ESC e uma patuscada com: o outro português que acompanha o evento 😛 (querido E. ainda havemos de ir a uma final ao vivo) e o resto da malta que aproveitou para ver senhoras jeitosas e gozar com as músicas 😀 Ficámos medianamente tristes pois estávamos a torcer pela Austrália (e pela Bélgica, Itália, Georgia e Bulgária), mas assim como assim mais valeu mais ganhar a Ucrânia que a Rússia (imitação de Messi, não me impressionaste 😛 ).

Para terminar o fim de semana, no domingo a festa foi vermelha e as águias voaram mais alto. De notar que eu sou sportinguista e o R. é benfiquista portanto pelo menos um de nós ficou contente 🙂

Mas o que importa mesmo (na verdade o que me importou mesmo foi o ESC mas pronto) foi esta mousse de limão de-li-ci-o-sa que fiz para comermos enquanto ouvíamos a Ira Losco e Laura Tesoro 🙂 Não é a sobremesa mais fácil e rápida de fazer mas garanto-vos que vale o esforço e tempo gasto 😉

(adaptado de Saveur)

Ingredientes:

– 8 ovos

– 3 limões (raspa e sumo)

– 100 g de manteiga

– 180 g de açúcar amarelo

– 5 colheres de sobremesa de açúcar em pó

– 1 colher de sobremesa de açúcar baunilhado

– 400 ml de natas (2 pacotes)

– 2 colher de café de sumo de limão

Preparação:

Curd de limão

– Separar 4 claras das gemas e reservar;

– Misturar as 4 gemas com os 4 ovos e o açúcar amarelo (sem mexer demasiado para não incorporar muito ar na mistura);

– Juntar o sumo e o zeste de limão e misturar de modo a obter uma mistura homogénea;

– Numa caçarola colocar a manteiga e a mistura dos ovos e levar a lume muito brando, mexendo sempre (com uma colher de pau) até engrossar (deverá ficar com a consistência do leite creme);

– Passar por um coador e deixar arrefecer.

Merengue

– Bater em castelo as 4 claras e juntar 1 colher de café de sumo de limão;

– Juntar uma a uma as 2 colheres de sobremesa de açúcar em pó (colocar a segunda só após a primeira estar devidamente incorporada).

Natas

– Bater as natas com as 3 colheres de sobremesa de açúcar em pó, a colher de sobremesa de açúcar baunilhado e 1 colher de café de sumo de limão, até estas estarem firmes.

Mousse

– Quando o curd estiver bem frio juntar suavemente as natas batidas e por fim as claras batidas em castelo, envolvendo suavemente;

– Servir com um pouco de raspa de limão.

Muka dourada*

Anúncios

Mousse de Xocobilas

48

Ah e tal então andas só a peixinho cozido e cenas grelhadas? Claro que não, cruzes-canhoto!!! Que a minha máquina é movida a chocolate (e ovos moles, já se sabe) e como tal eu lá era capaz de viver sem o meu combustível :). Portanto ao longo de todo o período festivo providenciei que nunca faltasse a bela da mousse de chocolate.

Eu gosto da minha mousse muito, mas mesmo muito fofa e arejada e para isso faço uma espécie de merengue, se a preferirem mais líquida basta bater apenas as claras em castelo e o açúcar ser adicionado ao chocolate. Neste caso também não usei as gemas para que a mousse ficasse menos pesada e o sabor que sobressaísse fosse o do chocolate com a laranja.

(receita para 12 doses pequenas ou para 1 pessoa muito gulosa)

Ingredientes:

– 200g de chocolate de culinária (usei um com 70% de cacau)

– 300ml de natas

– 3 claras de ovo

– 100g de açucar amarelo

– 1 colher de sopa de sumo de limão

– Zestes de uma laranja

Preparação:

– Derreter o chocolate em banho maria;

– Bater as claras, juntando o limão e quando estas estiverem em castelo juntar o açucar amarelo (uma colher de cada vez para incorporar bem). reservar;

– Bater as natas com as zestes de laranja até estarem fofas (não bater em demasia);

– Juntar um pouco das natas ao chocolate derretido e misturar bem (para uniformizar a temperatura e não gerar grumos). Ir adicionando o resto das natas até estas terminarem;

– Juntar as claras aos poucos (em colheradas) e mexer delicadamente para arejar a mistura e deixá-la fofa mas uniforme;

– Servir decorado com um pouco de zestes de laranja e menta-chocolate.

Muka dourada*

Bolo de bolacha Mega-bichento

Imagem

Todos temos alguma iguaria que disfrutámos algures com alguém e que nos ficou gravada na memória como A melhor de sempre. E o problema desta circunstância é o facto de querermos repetir essa mesma iguaria noutras condições… pois que nunca é a mesma coisa e falta sempre “qualquer coisa” 🙂 Esta é uma situação recorrente com o meu amado R. que gosta de tanta coisa que eu tento repetidamente replicar e nunca na perfeição 🙂 O caso do bolo de bolacha é o melhor exemplo, já fiz muitas variações para tentar chegar à combinação mítica e perfeita que o R. comeu um dia e até agora ainda não cheguei lá 😀 quiçá um dia 😉 Deixo-vos a minha última variação (até agora a minha favorita) de bolo de bolacha que é muito leve e refrescante e adequada para estes dias mais quentinhos 😉

Ingredientes:

– 1 pacote de bolacha torrada

– 400 ml de café espresso (fiz em cafeteira italiana)

– 1 mousse instantânea de café (Branca de Neve) (+200-250ml de leite para a sua preparação)

– 200 ml de natas Parmalat para bater

– raspa da casca de 1 limão verde

– 3 colheres de sopa de açucar em pó

– 100g de framboesas congeladas

– 3 colheres de sopa de açucar amarelo

– 1 estrela de anis

– 3 colheres de sopa de água

– 1 morango e hortelã para decorar

Preparação:

– Colocar as framboesas, o açucar amarelo a estrela de anis e a água num pequeno tacho e levar a lume muito brando durante ~20 minutos ou até ter uma compota ligeira, reservar;

– Preparar a mousse conforme as instruções e reservar no frigorífico;

– Bater as natas em chantilly, juntando o açucar em pó aos poucos (através de uma pequena peneira para evitar grumos) e quando estiver quase pronto juntar a raspa de limão, reservar no frigorífico;

– Mergulhar as bolachas no café (de preferência ainda morno) e formar uma pequena flor no prato (7 bolachas);

– Ir alternando em camadas de mousse, bolacha e chantilly até terminarem as bolachas;

– Decorar a gosto e servir acompanhado com a compota de framboesa.

Muka dourada*