Tag Archives: Natal

Pudim de Natal à moda da Ruskita dourada

Image

Eu adoro aeroportos, adoro aquele reboliço constante de pessoas a chegar e a partir, adoro tentar perceber se aquele senhor de fato não será afinal um agente secreto (filmes e séries a mais!), enfim… pudesse eu e andaria muito de avião 🙂 Ora, foi no aeroporto de Schipol que descobri uma revista fabulosa , a  Good Housekeeping e da qual adaptei esta receita de pudim de Natal.

(receita adaptada de Good Housekeeping – Christmas Collection 2013, pág.108-109)

Pudim:

Ingredientes:

Para o Pudim:

– 60g de cerejas de conserva

– 150g de sultanas

– 50g de ameixas secas

– 50g de alperces secos

– 50g de frutas cristalizadas

– Raspa e sumo de ½ laranja média

– 50ml de sherry ou vinho do Porto

– 50g de nozes pecã (usei nozes europeias)´

– 40g de manteiga derretida e arrefecida, mais um pouco para barrar

– 100g de açucar mascavado escuro

– 25ml de natas

– 50g de farinha de trigo

– 50g de pão esfarelado

– 1 c. de sopa de canela

– 1 c. de sopa de mistura de especiarias (p. ex: gengibre, cravinho, erva-doce)

– 1 ovo médio batido

Para a cobertura

– 100g de cerejas em calda

– ½ c. de sopa de brandy, whisky ou rum

– 50g de golden syrup (usei mel)

– 25g de nozes pecã (usei amêndoas)

Preparação:

– Colocar as cerejas, os frutos secos e as frutas cristalizadas (todos grosseiramente picados), numa taça de plástico ou vidro e adicionar a raspa e sumo da laranja e o alcool. Cobrir e deixar a marinar durante a noite, agitando de vez em quando (deixei a marinar em ambiente frio durante 1 semana!);

– Barrar com manteiga uma forma de 1l e colocar papel vegetal no fundo e nas paredes, preparar um quadrado de papel vegetal  e outro do mesmo tamanho de papel de alumínio;

– Para a cobertura colocar todos os ingredientes num tacho e levar a ferver. Retirar do lume e colocar uniformemente no fundo da forma forrada;

– Juntar todos os restantes ingredientes para o pudim à mistura de frutos marinada, misturar muito bem e colocar gentilmente na forma. Pressionar para ajustar bem e ficar sem bolhas de ar. Colocar por cima o quadrado de papel vegeta, ajustar bem e por fim colocar a folha de alumínio;

– Colocar a forma dentro de um tacho com água (que fique a meia altura da forma), cobrir com um testo ou tampa e deixar levantar fervura, colocar em lume brando e deixar cozinhar por ~4 horas, adicionando água sempre que necessário;

– No final do tempo de cozedura retirar do tacho e deixar arrefecer completamente e empratar. Servir quente ou frio e acompanhado com o molho de brandy.

Molho:

Ingredientes:

– 3 c. de sopa de farinha de milho

– 400ml de leite

– 75g de açucar

– 1 vagem de baunilha

– 3 c. de sopa de brandy

– 100ml de natas

Preparação:

– Misturar a farinha com 3 c. de sopa de leite;

– Colocar o restante leite, o açucar, a raspa da vagem de baunilha e a mistura da farinha num tacho e levar ao lume até engrossar, mexendo sempre;

– Retirar o tacho do lume e juntar o brandy e as natas. Servir quente ou morno com o pudim.

Muka dourada*

Pudim de côco cor de rosa (versão mupetas felpudas)

Image

Esta bomba calórica deliciosa é feita em minha casa unicamente uma vez por ano 🙂 no Natal 🙂 é tão deliciosa e doce que pode ser dulcíssima para a maior parte das pessoas portanto o ideal é adaptarem as quantidades 😉

Como cá em casa o rapaz não gosta de côco e o corante alimentar em questão (vermelho) tinha acabado, fiz a minha própria versão do pudim (receita antiquíssima da mãe :)). De qualquer modo deixo-vos a receita original.

Ingredientes:

– 2 latas de leite condensado

– 2 embalagens de natas

– 1 pacote de côco ralado

– 1 colher de sobremesa + 1 colher de café de açucar baunilhado

– 6 ovos

–  5 colheres de sopa de açucar

– corante alimentar vermelho

– ameixas secas

Preparação:

– Bater as natas com o leite,  juntar uma chávena de côco, juntar as gemas e a colher de sobremesa de açucar baunilhado e mexer bem;

– Untar uma travessa funda de vidro com manteiga, colocar o preparado e levar ao forno por 30 minutos (a ~170°C);

– Bater as claras em castelo com o açucar e a colher de café de açucar baunilhado e juntar um pouco de corante até obter uma tonalidade rosa;

– Juntar o merengue às colheradas por cima do preparado que retirámos do forno e virámos, voltar ao forno até ficar com um aspecto dourado;

– Retirar do forno e colocar o resto do côco misturado com um pouco mais de corante;

– Decorar com as ameixas secas.

Muka dourada*

Bolo Rei das mupetas

Image

Aprendi a fazer bolo rei com a minha mãe, era uma tarefa que tínhamos sempre na antevéspera do Natal, seguindo sempre os nossos preciosos livros da Vaqueiro. Com a casa já a cheirar a açucar e canela, fazer o bolo rei era o culminar do meu Natal J Hoje, tantos anos depois fui eu quem fiz os bolos para a minha família e até a minha mãe quis vir cá a casa dar uma mãozinha para cumprir o ritual J

Não sendo um bolo muito trabalhoso, requer algum tempo e disponibilidade 😉

(receita adaptada de  “Livro de bolos de bolinhos” ed. 1987 , I.C.M. Vaqueiro, pág. 68)

Ingredientes:

– 700g de farinha

– 1 pitada de sal

– 40g de fermento de padeiro

– 1dl de água tépida

– 150g de Vaqueiro à temp. ambiente

– 175g de açucar amarelo

– raspa da casca de 1 limão

– raspa da casca de 1 laranja

– 4 ovos

– 1dl de vinho do Porto

– 150g de frutas cristalizadas picadas (mais algumas inteiras para a decoração)

– 125g de frutas secas picadas (mais algumas para a decoração) – nozes, amêndoas, pinhões, figos secos, tâmaras, ameixas secas, alperces secos, etc

– geleia

Preparação:

– Peneire a farinha e reserve uma chávena. Adicione uma pitada de sal à restante farinha;

– Dissolva o fermento na água tépida e junte a chávena de farinha. Deixe levedar um local ameno durante ~15min;

– Bata a margarina com o açucar, até obter homogénea, junte as raspas dos citrinos e junto os ovos já previamente batidos, mexa muito bem e junte o vinho do Porto;

– Junte este preparado à massa de fermento e à farinha  e bater energicamente até obter uma massa elástica;

– Juntar as frutas cristalizadas e as secas e misturar bem;

– Moldar a massa em forma de uma bola, tapar muito bem e deixar levedar em local ameno durante 5 a 6 horas.

– Dar à massa o formato de uma corôa, decorar com frutos secos inteiros e frutas cristalizadas, colocar num tabuleiro e deixar repousar mais meia hora;

– Ligar o forno a 200°C;

– Colocar o bolo no forno, baixando a temperatura para ~170°C e deixar cozinhar durante ~35min.

– Depois de cozinhado pincelar com geleia para lhe conferir brilho 😉

Muka dourada*